Compartir:Email this to someone
email
Share on Facebook
Facebook

 

El próximo miércoles 21 de noviembre tendrá lugar en Praia, Cabo Verde, en el Hotel Pestana Trópico, la celebración del Workshop: CONTROLE DE RESIDUOS DE PRAGUICIDAS EM EUROPA E CABO VERDE.

Este Workshop se desarrolla en el marco del Proyecto PERVEMACII, y su programa prevé diferentes ponencias dirigidas a conocer la legislación vigente en esta materia, las herramientas de control, el programa de control de plaguicidas en Europa, materias activas, así como la importancia del control de residuos de plaguicidas en productos vegetales y evaluación del riesgo por la ingesta, haciendo referencia también al Programa Coordinado Europeo de analíticas.

La jornada será abierta a las 9:00 horas por D.  Jose Teixeira, Diretor Geral de Agricultura, Silvicultura e Pecuária (DGASP). Ministério de Agricultura e Ambiente. Governo de Cabo Verde. Dña. Angela Maria P. Barreto da Veiga Moreno, Diretora Instituto Nacional de Investigação e Desenvolvimento Agrário (INIDA). Dña. Patricia Miranda Alfama, Administradora / Diretora Executiva. Agência de Regulação e Supervisão de Produtos Farmacêuticos e Alimentares (ARFA). Dña. Edna Duarte Lopes, Conselho de Administração. Instituto Nacional de Previdência Social (INPS).

 

Participan en este Workshop como Ponentes:

 

  • Dña. Alicia Yagüe Martín. Chefe do Serviço de Gestão de Resíduos de produtos fitossanitários e medicamentos veterinários. Subdireção Geral de Promoção da Segurança Alimentar. Agencia Española de Consumo, Seguridad Alimentaria y Nutrición (AECOSAN).
  • Celestino Gomes Mendes Tavares. Direção Geral de Agricultura, Silvicultura e Pecuario (DGASP). Ministério de Agricultura e Ambiente. Governo de Cabo Verde.
  • Dña. Carmen Ferrer Amate. Laboratório de Referência da União Europeia para Resíduos de Pesticidas em frutas e verduras (EURL-FV). Universidade de Almeria.
  • Doña. Amadeo Rodríguez Fernández-Alba. Chefe do Laboratório de Referência da União Europeia para Resíduos de Pesticidas em frutas e verduras (EURL-FV). Universidade de Almeria.
  • Jose A. Jiménez Guerrero. Departamento de Resíduos Pesticidas e Contaminantes. Laboratório Arbitral Agroalimentário (LAA). Ministério de Agricultura e Pescas, Alimentação e Ambiente (MAPA, Espanha).
  • Juan Garrido Ramalho. Serviço de Resíduos de Praguicidas e Dioxinas. Centro Nacional de Alimentação (CNA). Agência Espanhola do Consumo, Segurança Alimentar e Nutrição (AECOSAN).
  • Paulo Jorge Pestana Fernandes. Laboratório Regional de Veterinária e Segurança Alimentar. Divisão de Análise de Resíduos. Secretaría Regional de Agricultura e Pescas. Direção Regional de Agricultura. Governo de Madeira.
  • Antonio Valverde García. Professor Catedrático da Universidade de Almería. Departamento de Química e Física. Grupo de investigação de Resíduos de Praguicidas.
  • Miguel Gamón Vila. Chefe da Seção de Análise de Resíduos e Micotoxinas. Laboratório Agroalimentar Generalitat Valenciana. Laboratório de Referência da União Europeia para Resíduos de Pesticidas em frutas e verduras (EURL-FV).
  • Antonio González Hernández. Chefe do Serviço de Sanidade Vegetal. Direção Geral de Agricultura. Governo das Canárias.
  • Joao dos Santos Gonçalves. Diretor da Regulação Sanitária de Alimentos. Ponto focal Codex Alimentarius. Agência de Regulação e Supervisão de Produtos Farmacêuticos e Alimentares (ARFA).
  • Ricardo Díaz Díaz. Departamento de Análises Ambiental. Instituto Tecnológico de Canarias (ITC).
  • Álvaro Santa Mayor. Serviços Gerales de Apoio á Investigação (SEGAI). Departamento de Química. Universidade La Laguna.
  • David Joao Horta Lopes. Departamento de Ciencias e Engenharia do Ambiente. Facultad de Ciencias Agrarias e do Ambiente. Universidade dos Açores.